Como preparar seu e-commerce para a Semana do Brasil –

A semana do Brasil, que também pode ser chamada de Black Friday Brasileira ou Black Friday Verde e Amarela, é um evento organizado pelo Governo Federal em parceria com varejistas de todo país. Seu objetivo é gerar oportunidades para varejistas e consumidores, movimentando o comércio no mês que tende a ter queda de vendas no segundo semestre.

Esse ano, em 2022, a Semana do Brasil vai acontecer entre os dias 04 e 10 de setembro, e nesse período os varejistas realizarão promoções especiais, com descontos exclusivos, movimentando o mercado e a economia.

A primeira edição aconteceu em 2019 e registrou um aumento de 41% em relação às vendas na mesma época em anos anteriores. Em 2020, o aumento foi de 23% em relação ao ano anterior, chegando a um faturamento de R$ 2,3 bilhões só em vendas online. Em 2021, o faturamento aumentou 6,4% em comparação com 2020.

E para que você possa aproveitar essa oportunidade de ampliar as vendas, conquistar novos clientes e fortalecer a marca, preparamos uma série de dicas para você implementar no seu e-commerce.

Como se preparar para a Semana do Brasil?

A preparação para a Semana do Brasil deve começar algumas semanas antes e contemplar tanto a parte de conteúdo quanto preços de produtos e logística.

O primeiro passo é definir qual será o objetivo principal da ação de vendas, que pode ser identificado através de perguntas simples, como:

•         Desejo aumentar a receita da minha loja?

•         Desejo melhorar a fidelidade dos meus clientes?

•        Desejo incentivar a entrada de novos compradores?

•        Desejo explorar os produtos mais relevantes do meu catálogo?

•        Desejo explorar a venda dos produtos com menos giro no estoque?

A partir daí você terá a base para construir a estratégia de precificação, preparar o estoque e alinhar a logística para entrega, além de começar a preparar os conteúdos para as campanhas de marketing.

Precificação

Você pode optar por descontos progressivos, aumentando conforme a quantidade de produtos, descontos fixos e até bonificações como compre 3 pelo preço de 2.

Mas lembre-se que os descontos devem ser reais. Aumentar o preço dos produtos dias antes e depois dar um desconto que apenas traz para o preço real é ruim para a reputação da empresa, já que existem ferramentas na internet que permitem o monitoramento dos preços de produtos.

E atenção aos descontos muito grandes, pois eles podem acabar gerando prejuízo, mesmo que o volume de vendas seja grande, comprometendo o ROI.

Estoque

Não venda mais do que pode entregar, essa é uma premissa básica das campanhas de venda que se ignorada, pode afetar a reputação da marca.

Você pode aproveitar a Semana do Brasil para reduzir o estoque de produtos que estão vendendo pouco, afinal, uma boa promoção com os conteúdos certos pode ajudar a aliviar o estoque e aumentar o caixa.

Frete Grátis

Construa uma estratégia logística que permita oferecer frete grátis para todo o Brasil ou pelo menos para as regiões que seu e-commerce possui mais volume de de vendas.

Combinar descontos com frete grátis é um grande atrativo, tanto para clientes recorrentes quanto para conquistar novos clientes.

Canais de atendimento

Com a tendência de aumento no volume de vendas será necessário disponibilizar canais de atendimento eficientes para atender às necessidades do público.

Esse atendimento deve considerar o atendimento antes, durante e depois da venda. Ferramentas de chat, WhatsApp, telefone, email e redes sociais são ótimos canais.

Como planejar conteúdos para a Semana do Brasil?

Planejar os conteúdos para a Semana do Brasil talvez seja o maior desafio, mas nosso objetivo é ajudar times da área de e-commerce a criar conteúdos com alto poder de conversão. Veja a seguir algumas dicas de conteúdos que não podem faltar na sua estratégia de marketing e vendas.

Criação de conteúdo para FAQs

O conteúdo para FAQs consiste nas dúvidas mais frequentes do público e que podem ser respondidas em poucas palavras, de forma objetiva e direta. Uma boa fonte dessas dúvidas é o canal de suporte, pois você estará trabalhando com dúvidas reais e não suposições.

As FAQs antecipam dúvidas dos clientes e geram credibilidade e confiança, por isso precisam ser muito bem estruturadas, pois elas se tornam mais do que apenas respostas.

Ao implementar FAQs inteligentes e alinhadas com as principais dúvidas do público você estará:

•         Aumentando a produtividade da equipe

•         Reduzindo custos operacionais

•         Reduzindo o tempo de espera nos atendimentos.

Principais pontos para uma estrutura de FAQs de sucesso

Para criar uma estrutura de FAQs que faça valer os pontos acima você precisa:

•         Conhecer a jornada do seu produto

•         Saber quais são as dúvidas dos clientes

•         Organizar essas dúvidas

•         Responder a elas de forma objetiva e didática.

Você pode usar imagens, prints e até vídeos como resposta das FAQs, e inserir links relacionados nas respostas também é uma excelente forma de ter respostas objetivas ao mesmo tempo que dá ao usuário a opção de ver informações mais detalhadas sobre a dúvida.

A estrutura das FAQs precisa ser levada em conta, pois ela influencia diretamente no SEO, por isso é importante definir se ela será construída com o uso de bullet points, com cabeçalhos (H1, H2) ou somente com texto, destacando a pergunta com negrito.

Uma outra forma de construir FAQs relevantes para o público é dando a ele a oportunidade de enviar sugestões. Crie um canal no site onde ele possa enviar as principais dúvidas para a equipe de suporte. Assim a equipe responde para o cliente e ao mesmo tempo atualiza no site.

Veja a seguir uma lista com algumas perguntas que você pode utilizar nas FAQs da sua loja virtual.

•         Consigo rastrear minha compra?

•         Qual a empresa responsável pela entrega da minha compra?

•         Posso efetuar uma compra no site com CNPJ?

•         Existe um valor mínimo de pedido?

•         Como é calculado o frete para o meu pedido?

•         Quais são as formas de pagamento disponíveis?

•         Posso pagar minha compra usando 2 cartões de crédito?

•         Como trocar um produto adquirido na loja virtual?

•         Posso devolver um produto na loja física?

•         Como faço para cancelar minha compra?

•         Em que situações meu pedido pode ser cancelado?

Criação de conteúdo para Newsletter

A newsletter é uma excelente forma de comunicar aos leads que a loja participará da Semana do Brasil. Se esse lead ainda não for cliente, é mais uma oportunidade para oferecer ofertas exclusivas para que ele faça sua primeira compra.

De acordo com David Newman, “o email tem uma capacidade que muitos canais não conseguem: criar toques pessoais e valiosos em escala”.  Explorá-lo para enviar newsletters informativas personalizadas, gerando antecipação, curiosidade e desejo pode fazer toda a diferença em datas sazonais.

Ao criar conteúdo para a newsletter da Semana do Brasil, fique atento a 3 pontos: 1) Objetivo 2) Conteúdo e 3) Design.

Por ser uma semana onde as ofertas rolam 24 horas por dia, é preciso ficar atento ao objetivo dentro da estratégia. Toda newsletter precisa de um objetivo e uma intenção para que o conteúdo seja produzido de modo a conduzir o leitor à ação desejada.

Ao criar o conteúdo é muito importante que seja feito uso de técnicas de copywriting e UX Writing, o primeiro para que o conteúdo seja capaz de conduzir o leitor à compra — sem mentir ou manipular de forma indevida — e o segundo para que a experiência de consumo do conteúdo seja atrativa e benéfica para o objetivo.

Por fim, o design, que precisa proporcionar uma boa experiência de leitura e destacar os pontos mais relevantes e pontos de contato que levem à ação desejada.

Por ser uma semana intensa no que diz respeito a ofertas e promoções, você pode explorar os múltiplos envios, mas sem tornar o conteúdo chato e afastar o público ao invés de atrair.

Criação de conteúdo para artigos de blog

Investir em conteúdo para blog é uma estratégia que deve ser adotada não apenas em período de promoção, como na Semana do Brasil, mas durante todo o ciclo de vida do negócio.

Esse investimento traz como retorno a melhora no relacionamento com o cliente, aumenta a visibilidade da empresa, facilita a mensuração de resultados e em períodos de promoção, podem fortalecer produtos e serviços a ponto de aumentar o interesse do público por eles.

Falando sobre criação de conteúdo para a Semana do Brasil, o ideal é que você explore conteúdos relacionados a produtos que estarão em promoção.

Explore os benefícios deles, o que podem proporcionar ao público, quais problemas eles podem resolver. É isso que as pessoas buscam quando compram um produto e não a voltagem, a cor ou o tamanho.

Os artigos para blog ajudam você a “vender sem vender”, ou seja, ao ser útil você gera uma venda sem precisar empurrar o produto pra cima do cliente!

Imagine que o blogpost é um pedaço do queijo. Ao experimentar, se ele for realmente bom e a pessoa gostar de queijo, a tendência é que ela compre. Quanto mais conteúdos você tiver, mais chances terá das pessoas provarem e se interessarem pelo queijo todo, ou melhor, pelo produto.

Na hora de criar o conteúdo, invista nos formatos mais adequados para a estratégia e para o público. Entre os formatos mais efetivos quando o assunto é blog como estratégia para e-commerce estão:

  • Posts educativos
  • Listas
  • Infográficos
  • Vídeos
  • Tutoriais
  • Reviews
  • Pesquisas
  • Experiências dos clientes.

Como estruturar conteúdos de qualidade para o blog

O conteúdo precisa se encaixar dentro da estratégia de marketing, esse é o princípio fundamental, caso contrário esse conteúdo será apenas uma ponta solta e não levará o usuário para lugar nenhum.

Para chegar aos conteúdos de qualidade, a primeira coisa a se fazer é conhecer o público. Isso permitirá a você criar conteúdos segmentados pelos interesses, desejos e necessidades, entregando informações úteis e relevantes nos formatos mais consumidos.

Em seguida é hora de pensar no conteúdo. Quais dúvidas ele vai responder, que problema resolverá ou qualquer outra informação que ajude a despertar no público o desejo pelo produto, movendo-o para o próximo nível da jornada de compra.

Sabendo qual conteúdo será criado, é hora de começar o processo de escrita e pensar na estrutura do conteúdo.

Um título matador, capaz de atrair a atenção, é fundamental pois ele é a primeira conexão entre conteúdo e leitor. David Ogilvy dizia que se você não consegue vender nada através do título, joga fora 80% do dinheiro do cliente, então é no título que a venda começará.

Desenvolva o conteúdo de forma consistente e em uma linguagem fácil do público entender. Explore os subtítulos e parágrafos curtos (3 a 5 linhas no máximo) para facilitar a escaneabilidade do conteúdo.

E não se esqueça do CTA, afinal de contas ele é quem vai conduzir o leitor para a ação pós-leitura. Nele você pode explorar uma chamada direta para a oferta do produto em questão, ou para uma oferta mais ampla que envolva o produto e seja benéfica e atrativa para o público.

Deixe a criatividade fluir e crie um CTA tão irresistível quanto o título, sem se esquecer que se o conteúdo não for atrativo e útil, o leitor não chegará no CTA.

E por fim, faça a otimização para SEO. Só assim seu conteúdo será visto pelos mecanismos de busca e as chances de serem encontrados aumentarão consideravelmente ao longo do tempo.

Criação de conteúdo para Landing Page

A landing page é uma excelente ferramenta para criação de conteúdo promocional, pois sua estrutura é enxuta, com conteúdo específico e CTA direcionado para uma ação única.

Um de seus objetivos mais fortes é a quebra de objeções e para isso acontecer é preciso construir uma estrutura capaz de entregar ao público informações claras, distribuídas em um fluxo que facilite a linha de raciocínio e tomada de decisão.

Além disso, a landing page pode ser utilizada em diversos momentos e não apenas em datas sazonais, permitindo que outras ações possam ser realizadas explorando a estrutura existente, otimizando assim processos e custos.

Você pode usar a landing page para vários tipos de conversão, indo desde a captação de leads para ofertas futuras até a oferta direta.

Otimize as descrições de produtos

Quando o assunto é e-commerce, a descrição dos produtos é a informação essencial para o público, pois ela influencia diretamente na tomada de decisão de compra.

Descrições otimizadas e bem escritas podem aumentar consideravelmente as vendas, por isso é indicado o uso de técnicas de copywriting para escrever as descrições combinadas com informações relacionadas aos benefícios do produto.

Um dos erros cometidos na hora de criar descrições de produtos é focar nas características dele. Nessa linha de conteúdo são inseridos muitos termos técnicos e informações que o público, boa parte das vezes, nem faz ideia do que é.

Por isso, ao otimizar as descrições foque no quanto ele pode ajudar o público, quais problemas ele resolve e nos benefícios que ele oferece. Dessa forma você garante ao usuário uma boa experiência de uso, gera credibilidade para o negócio, aumenta o desejo, melhora o SEO e beneficia os canais de atendimento.

Para criar uma descrição de produto impecável, foque nos pontos a seguir:

  • Conteúdo atrativo e original
  • Palavras-chave relevantes
  • Hierarquia de informações
  • Títulos atrativos
  • Imagens otimizadas e coerentes.

Usar a descrição de produto para gerar mais vendas no e-commerce é uma estratégia que exige baixo investimento e pode proporcionar um retorno expressivo.

Divulgue com antecedência

Quanto mais cedo você divulgar, mais chance tem de alcançar o público e trabalhar estratégias como contagem regressiva e ofertas pré-evento.

Por exemplo, um “Esquenta Semana do Brasil”, oferecendo ofertas exclusivas apenas por email ou tráfego pago pode gerar vendas antecipadas para clientes da base e até para novos clientes.

O brasileiro adora ofertas e promoções, então trabalhar a antecipação pode ajudar muito a melhorar a conversão das campanhas e vendas, mesmo que você não oferte nada na antecipação, mas gere expectativa sobre os descontos que estão por vir.

Quanto mais cedo você começa a divulgar, mais pessoas tende a alcançar e quanto maior for a base de público, mais chances de vender.

Estratégias de SEO para datas comerciais

As datas comerciais são ótimas oportunidades de venda e para reduzir os estoques de produtos que ficam acumulando poeira ao longo do ano. Mas para isso é preciso investir em estratégias de SEO para datas sazonais capazes de beneficiar as vendas.

Entre as estratégias de SEO mais relevantes para esse tipo de situação estão: estratégia de palavras-chave e redirecionamento de página.

Estratégia de palavras-chave para datas comerciais

É sabido que a escolha de palavras-chave influencia diretamente nos resultados de SEO, e nas datas comerciais, onde a concorrência aumenta de forma considerável, a escolha dessas palavras se torna mais importante do que nunca.

Na hora de criar a estratégia de palavras-chave, fique atento aos pontos a seguir:

1.   Pesquisa de palavras-chave: pesquise o máximo de palavras-chave possível, analise junto da equipe de marketing e use as mais relevantes

2.   Utilize palavras-chave short head e long tail: as short heads são mais curtas e menos específicas, muito úteis para alcançar o público que está iniciando a jornada de compra as long tail são mais específicas e respondem às buscas de usuários que estão mais avançados na jornada de compra, que sabem o que querem

3.   Separe as palavras-chave principal, secundárias e suas variações: essa divisão ajudará na distribuição delas ao longo do texto, mantendo a leitura fluida e natural para o usuário

4.   Onde incluir as palavras-chave: saber onde incluir é fundamental, principalmente para que os mecanismos de busca façam a leitura correta e ranqueiem o conteúdo.

Saber como escolher as melhores palavras-chave na hora de produzir o conteúdo que irá compor a estratégia de marketing é fundamental e afeta diretamente os resultados, por isso não ignore essa etapa.

Redirecionamento de página

O redirecionamento de páginas é importante para que não haja interrupção da navegação e o usuário não se frustre.

Ao utilizar páginas — de conteúdo no blog ou landing pages promocionais — em datas sazonais é importante fazer o redirecionamento provisório delas quando o conteúdo deixar de fazer sentido para o público, seja pelo fim da promoção ou no caso da Semana do Brasil terminar.

Direcionar o acesso para outra página de conteúdo semelhante é a melhor escolha, já que isso não afeta negativamente a indexação e mantém o fluxo de acessos sem frustrar os usuários.

E para potencializar o SEO, não se esqueça de divulgar as landing pages e conteúdos do blog com antecedência, afinal de contas, não adianta nada um conteúdo bem produzido, com as palavras-chave e informações corretas se ele não receber as visitas do público.

SEO para e-commerce não se resume apenas ao que você viu aqui e muito menos a datas comerciais. Por isso, invista em uma estratégia de médio e longo prazo capaz de gerar benefícios tanto em datas comerciais quanto no dia a dia do negócio.

Invista na experiência do cliente!

Clientes não compram apenas pelas ofertas e promoções. Eles estão em busca de uma experiência de compra que os agrade, por isso, tão importante quanto os conteúdos criados para campanhas sazonais como a Semana do Brasil é a estrutura em torno das campanhas e a experiência que ela oferece.

Crie boas promoções

O que torna uma promoção boa não é só o tamanho do desconto, o frete grátis ou brindes que o cliente pode ganhar. Para que uma promoção seja considerada boa pelo público é preciso que ela ofereça uma experiência de qualidade, onde o preço é acessível, a entrega é ágil e o suporte é eficiente.

E na hora de criar suas promoções, pense sempre nos dois principais fatores delas: clientes e descontos.

Conheça seus clientes

Quanto mais você conhece seus clientes, mais informação você tem para criar promoções adequadas ao perfil de consumo. E essas informações podem ser encontradas no histórico de compras, produtos que ele marcou como favorito, dados de campanhas de tráfego pago, estatísticas de abertura de newsletter entre outras fontes.

Você precisa conhecer seu cliente tanto quanto conhece os produtos que está vendendo para ele. Apenas dessa forma você conseguirá criar uma promoção lucrativa para você e atrativa para o cliente.

Forneça descontos reais

Os descontos são os grandes atrativos nas promoções, até mesmo fora das datas sazonais. Mas eles precisam ser reais, caso contrário o cliente pode se sentir traído e acabar comprando na concorrência.

Com o avanço da tecnologia e da internet, foram criados vários sites que fazem o monitoramento dos preços de produtos vendidos online, e através deles o público consegue saber se houve um aumento de preço nos produtos antes das promoções e identificar se o desconto é real ou se aquele era o preço normal.

Quanto mais transparente e reais forem as promoções e descontos, maiores serão as chances de conversão.

Alguns sites que oferecem monitoramento de preços

Só venda o que consegue entregar

Esse é um erro que algumas empresas cometem ao realizar promoções e ofertas. Algumas inclusive vendem produtos mesmo sem tê-los em estoque, pois confiam na entrega do produto em seus depósitos por parte do distribuidor. Mas se o distribuidor não entregar ou a venda for maior do que a quantidade a ser inserida no estoque, os problemas começam e a credibilidade da marca é afetada.

Por isso, antes de qualquer promoção certifique-se de que possui uma quantidade adequada dos produtos em estoque, considerando que pode haver a necessidade de troca de produtos.

Também considere a logística, deixando claro na loja virtual quais regiões são atendidas, se o frete é grátis e como é feita a entrega.

Quem compra quer receber e quem vende tem a obrigação de entregar. Não coloque em risco a reputação e credibilidade da marca por algo que pode ser evitado.

Foque no bom atendimento

Aqui não é preciso nem falar, concorda? Um atendimento de qualidade é indispensável tanto em dias normais quanto em períodos de promoção, pois é através dele que o contato mais próximo com o cliente acontece.

Seja através de email, chat, telefones e até redes sociais, prepare a equipe de suporte para que possam atender com qualidade os clientes. E qualidade não é só educação, mas respostas personalizadas, que ajudam de fato a resolver o problema.

Os bots podem até agilizar alguns atendimentos, mas nem sempre eles resolvem o problema de uma maneira satisfatória para o cliente. Então invista em atendimento de qualidade e preparado para os períodos de maior fluxo.

Semana do Brasil: mais que uma oportunidade de vendas

A Semana do Brasil é uma oportunidade tanto para dar um upgrade no caixa da empresa quanto para iniciar uma estratégia de marketing que pode alavancar as vendas mesmo depois que a semana de promoções terminar.

Com o conteúdo que leu aqui você estará pronto para começar a trabalhar nos conteúdos para blog, newsletter, landing page, promoções e ações de marketing através de tráfego pago e banners na loja virtual.E se você precisar de mais informações para construir a estrutura que precisa para a Semana do Brasil, pode dar uma olhada no nosso conteúdo sobre estratégias de SEO para e-commerce com foco na Black Friday.

You May Also Like

About the Author: AKDSEO